hidrovacuo

O pedal do freio quando pressionado ao ligar o veículo será movimentado para baixo sem aplicação de força  
Se o pedal não fizer o movimento o Hidrovacuo está com defeito ou com vazamento. Leia mais....

 

cilindro-mestre


  Quando o motorista pressiona o pedal de freio, ele empurra o pistão através de uma haste. A pressão aumenta no cilindro à medida que o pedal é mais pressionado. A força exercida pelo motorista... Leia mais...

bomba-vacuo

 Todos os veículos leves a diesel contam com bomba de vácuo. A Bomba de Vácuo irá gerar a quantidade de vácuo necessária para a atuação do servo freio. O sistema de assistência de frenagem... Leia mais...

valvula-traseira Atuando como reguladoras de pressão entre as rodas dianteiras e traseiras, sendo responsáveis pelo equilíbrio do veículo no momento da frenagem. As válvulas distribuidoras do freio das rodas traseiras... Leia mais...

   


 

Entenda o funcionamento básico dos Freios: 

como-freios-funcionam

 

  Ao pressionar o pedal de freio o carro reduz progressivamente a velocidade. Como isso acontece? Como o carro transmite a força do seu pé para as rodas do veículo?Como multiplica a força de modo que seja suficiente para parar algo tão grande quanto um carro? Quando você pressiona o pedal de freio, seu carro transmite a força de seu pé para seus freios por meio de um fluido.

 

  Como os freios em si requerem uma força muito maior do que você poderia aplicar com seu pé, seu carro precisa multiplicar a força do seu pé. Isso acontece através da força de alavanca e força hidráulica. A primeira diz respeito ao pedal, projetado de maneira que possa multiplicar a força de sua perna diversas vezes antes de ser transmitida ao fluído de freio, e a segunda refere-se a a força aplica em um ponto e transmitida para outro ponto através do fluído de freio.


 

Cuidados que podem aumentar sua segurança e prolongar

a vida útil dos freios de seu carro: 

  

mecanica-freios

 

 - Freie sempre que possível com suavidade, dosando a força no pedal. Freadas bruscas aumentam o desgaste dos freios e pneus e podem travar as rodas, o que aumenta o espaço necessário para parar o veículo.

- Entre nas curvas em velocidade compatível. Frear dentro da curva é possível, mas requer sensibilidade. Pise com moderação e alivie a pressão se sentir travamento de roda.

- Entre nas curvas em velocidade compatível. Frear dentro da curva é possível, mas requer sensibilidade. Pise com moderação e alivie a pressão se sentir travamento de roda.

 

- Use numa descida a mesma marcha que usaria para subi-la. Isso poupa os freios.Jamais coloque o câmbio em ponto-morto (a popular "banguela"): o desgaste dos freios e o risco à sua segurança e à dos outros não compensam a mínima economia de combustível.

 

mecanica

 

 - Não desligue o motor com o carro ainda em movimento. A câmara de vácuo (servo-freio) deixará de atuar, o que torna o pedal bastante pesado. Este é, a propósito, outro risco da "banguela": o motor pode morrer e você precisar frear antes de conseguir religá-lo..

- O nome já diz: freio de estacionamento serve apenas para manter o carro imóvel quando estacionado. Evite aplicá-lo em movimento, o que pode bloquear as rodas traseiras e causar um "cavalo-de-pau".

 

- A presença do sistema antitravamento ABS não significa que você deve frear ao máximo sem necessidade. Além do desgaste do conjunto, isso pode levar a uma colisão traseira se o veículo de trás não conseguir frear com a mesma eficiência que o seu.

- Seguindo estes cuidados é improvável que você fique sem freios. Se acontecer, porém, segure o carro através da redução de marchas e puxe o freio de estacionamento com suavidade, mantendo o botão apertado. "Bombar" o pedal permitirá saber quando o sistema irá recuperar a eficiência. 

 


 

 Manutenção do Sistema de Freios

 

dicas-usinepe-freios

 

O sistema de freio automotivo, como qualquer outro sistema necessita de manutenção preventiva. Ainda mais por se tratar de componentes de segurança de um veículo.Os desgastes constantes nas peças de freios são ocasionados pela sua funcionalidade. Sua ação na redução da velocidade (atrito) e a temperatura elevada em que é submetido tornam a vida útil dos componentes bem menor do que as demais peças dos veículos.Quais as peças?    

Servo Freio | Hidrovacuo; Cilindro Mestre; Cilindro de Roda; O fluído de freio; Flexíveis; Tubulações; Pinças de freios; Tambor de freios; Pastilhas de freios.